Confira quais são os projetos culturais previstos para Ponta Grossa

por Danilo Gabriel e Melissa Eichelbaun

Desde o dia 1º de janeiro deste ano a Fundação Municipal de Cultura de Ponta Grossa tem um novo presidente: Alberto Schramm Portugal. Com novos desafios e obstáculos por conta da pandemia, o presidente já fazia parte da equipe da Fundação nos dois últimos anos, cuidando da área de Patrimônio Cultural.

A equipe da Fluencia Cultural entrevistou Alberto Portugal e você confere nessa série de reportagens quais são os planos e projetos da Fundação de Cultura para a classe artística de Ponta Grossa. 

FC: Em Ponta Grossa há uma carência enorme em relação a área técnica de produção artística, a exemplo de produtores, técnicos e etc. Como a fundação pensa em oferecer capacitação para o setor?

AP: Me preocupa esse conceito de artista que tem que ter passado por um processo formatista. Se partirmos de uma linha que precisa de formação estamos segregando. Nós estamos trabalho em um programa de pesquisa e discussão em arte, que terão cursos e oficinas. Por exemplo, iluminação para espetáculo de dança. Teremos cursos de produção e edição musical. 

Outro projeto será o Fablab em parceria com a Afepon, que irá ensinar o artista a vender, criar um banco de projetos e portfólios. Serão profissionais capacitados para orientar o artista se vender. Com isso, teremos um mapeamento do setor na cidade. Vamos abrir um processo de licitação para profissionais que irão atender os artistas na fundação. Terá a formalização de empresa: para poder vender você precisa ser um MEI e a Sala do Empreendedor irá orientar os artistas. A gente quer mostrar a força dos artistas na cidade. São coisas simples para mostrar a força da classe artística. 

FC: Qual a programação/previsão de eventos e projetos culturais?

AP: Temos uma programação que está prevista presencial, se não rolar vai pro online. Se não for possível online, então deixamos em stand by, mas está programado e licitado. 

  1. Setembro em Dança – para resgatar as práticas e expressões da cultura da Ponta Grossa
  2. Festival de Stand Up – fomento e formação de público, temos que mexer com a cultura para o jovem para que ele se sinta parte para participar
  3. Festival de Cinema Amador – temos que mostrar os profissionais da área
  4. Festival de Inverno – terá etapas em bairros da cidade e fechará no Teatro Ópera. Serão duplas na categoria sertanejo universitário, autoral e raiz
  5. PG Memória
  6. Gincana Princesa em Festa – presentes para o aniversário da cidade
  7. Espaço para diversidade das religiões
  8. Flicampos – será sobre literatura marginal com o auxílio da Secretaria de Esportes 
  9. Festival de Música
  10. Natal de PG
  11. De noite na Cidade – serão pontos no Centro para fazer um ‘breve caos’, uma programação cultural na rua, sendo uma vez por mês a partir de julho e também irá ter um trajeto de ciclo turismo
  12. Comboio da Cultura – serão atrações voluntárias para abrir espaço e levar eles para os bairros
  13. Literatus – será voltado mais para os escritores onde irá juntar teatro, música e literatura
  14. Sexta às Seis – será reduzido a estrutura e voltará para o coreto do Paraguaizinho

foto: Arquivo/Divulgação Prefeitura de Ponta Grossa

Confira os outros assuntos que o presidente da Fundação de Cultura falou para nossa equipe:

Alberto Portugal fala dos planos para a Cultura de Ponta Grossa

Presidente da FC fala sobre o Conservatório de Música, TV Educativa e incentivo para bolsistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.